terça-feira, 20 de setembro de 2011

VARICELA ou CATAPORA

Varicela é uma doença infecciosa, altamente contagiosa, causada por um vírus chamado Varicela-zoster, muito comum na infância. Transmitida de pessoa a pessoa, através de contato direto (pele infectada) ou de secreções respiratórias (disseminação aérea de partículas virais/aerossóis principalmente através de espirros e tosse) e, raramente, através de contato com lesões de pele. Indiretamente é transmitida através de objetos contaminados com secreções de vesículas e membranas mucosas de pacientes infectados.

O período de transmissão varia 1 a 2 dias antes do surgimento das lesões da pele e se estende até que todas as vesículas tenham desenvolvido crostas (casca), usualmente 7 a 9 dias. E enquanto houver vesículas, a infecção é possível. O tempo que medeia entre o contato e surgimento da doença (incubação) é de 14 a 16 dias, variando entre 10 e 21 dias.

A varicela tem início com febre, mal estar, cefaléia, anorexia e vômito, podendo durar de horas até 3 dias. Na infância, esses sintomas dificilmente ocorrem, sendo o exantema o primeiro sinal da doença. As lesões comumente aparecem em surtos sucessivos de máculas que evoluem para pápulas, vesículas, pústulas e crostas. Estas erupções vesiculoeritematosas são muito pruriginosas (ou seja, pústulas que causam comichão), as pústulas apresentam-se com base vermelha e cúpula transparente ("gota de orvalho em pétala de rosa"). Tendem a surgir mais nas partes cobertas do corpo, podendo aparecer no couro cabeludo, na parte superior das axilas e nas membranas mucosas da boca e das vias aéreas superiores.

A varicela na gestação, no primeiro ou no segundo trimestre, pode resultar em embriopatia. Nas primeiras 16 semanas de gestação, há um risco maior de lesões graves ao feto que podem resultar em baixo peso ao nascer, cicatrizes cutâneas, microftalmia, catarata e retardo mental.

Medidas de prevenção

Hoje existe vacina para combater a doença. Ela é administrada a partir dos 12 meses de idade. Contudo, até o momento, a vacinação universal contra a varicela não faz parte do calendário básico de vacinação no Brasil, exceto nas populações indígenas em caso de surto. Ela encontra-se disponível nos Centros de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE) para ser administrada em acordo com as indicações específicas. Quem preferir pode adquirir esta vacina na rede privada.

Outro cuidado importantíssimo é a lavagem das mãos após tocar nas lesões potencialmente infecciosas.

As pessoas com varicela devem ser afastadas da escola ou do trabalho, para diminuir o risco de transmissão para os suscetíveis e crianças com varicela só devem retornar à escola após todas as lesões tenham evoluído para crostas.

Pessoas com varicela devem evitar o contato com pessoas que não estão doentes; evitar o contato com outras pessoas suscetíveis, sobretudo mulheres grávidas, ou pessoas com problemas de imunidade;

Pessoas com varicela devem evitar a exposição ao sol e coçar as lesões, pois a pele pode ficar manchada definitivamente.

Gizelle Perin

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Meditação no ILEP: Como ovelhas bem cuidadas por um bom pastor

Nas meditações do mês de setembro, as crianças das turmas do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental do ILEP ouviram a história da ovelha “Branquinha”, adaptada do Evangelho de Lucas 15. 3-7 e João 10. 1-18 (assim como ela é contada em 'A Bíblia para as crianças', por Anne de Vries).

Esta história - parábola - foi contada por Jesus. Ela nos fala do cuidado amoroso de um bom pastor para com suas ovelhas e de como ele as conhece pelo nome e se preocupa com cada uma delas. Jesus se apresenta a nós como um bom pastor. Ele cuida e valoriza cada um e a cada uma de nós! Os limites postos para as ovelhas (o curral, a necessidade de permanecer junto ao grupo) garantem sua proteção e liberdade; são sinais de amor. Assim também é com os mandamentos de Deus! No seguimento ao bom pastor Jesus nós experimentamos sinais de vida plena, já agora!

Após a meditação, confeccionamos bonitas ovelhas de papel com dobradura e colagem!

Pastora Scheila dos Santos Dreher
Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Campo Novo do Parecis – IECLB

Para cantar!

(autoria desconhecida)

De cem ovelhinhas uma se perdeu.
O Pastor que a amava se entristeceu.
Saiu a procurá-la e breve a encontrou.
Pegou-a em seus braços e bem feliz voltou.

Deus, nosso Pai, é um bom pastor.
Nós, as ovelhinhas, temos seu amor.
O amor que inclui a todos e a todas igualmente.

Ninguém está de fora, por isso estou contente!


quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Estudante do ILEP toma posse como Veradora Mirim

Em seção solene, presidida pela Presidente da Câmara Municipal de Campo Novo do Parecis, Vereadora Edlamá Batista Marques, no último dia 22 de agosto, às 16h, foi diplomada e tomou posse a Vereadora Mirim Sabrina Kayane Neumann, estudante do Instituto Luterano de Educação do Parecis - ILEP. Nossa escola parabeniza a estudante Sabrina, no aguardo pelas partilhas de suas experiências como representante da comunidade camponovense e do ILEP na legislatura 2011.