sábado, 27 de agosto de 2011

Meditação no ILEP - normal é ser diferente

No mês de agosto, na meditação com as crianças das turmas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental até o 5º ano, conversamos sobre a convivência entre os diferentes.

Em roda, cantamos uma canção na qual cada criança dizia o seu nome, que é diferente do nome do(a) colega. Em seguida, após as perguntas que iam sendo feitas, as crianças deveriam sinalizar com o gesto indicado quem gosta de fazer o que estava sendo sugerido (comer chuchu, dormir tarde...) ou quem é como estava sendo dito (tem cabelos curtos, tem olhos claros, é menina, tem irmãos, é educado, acorda de bom humor...). Através dessa dinâmica percebemos que cada pessoa é diferente – única - e, por isso, tem diferenças: físicas, de temperamento, raciais, de sexo, de experiências de vida, de contexto familiar... Lembramos que não há ninguém no mundo com a digital igual a nossa!

As crianças observaram o cartaz da IECLB em 2011 para a Semana da Pessoa com Deficiência, cujo mote lembra: “normal é ser diferente”. Perceberam que, ainda que as pessoas do cartaz (bonequinhos) sejam diferentes, ao juntarem mãos e pés formam um coração entre elas, lembrando que o amor é capaz de unir, apesar das diferenças. Isto porque não há ninguém com maior ou menor valor. Todos fomos criados à imagem e semelhança de Deus, que nos concedeu dignidade; a todos ele alcança com seu amor e a todos capacita para amar.

Com as crianças maiores lembramos a tristeza e o sofrimento provocados por situações de guerra, de racismo ou de discriminação entre os sexos. Concluímos que nossas diferenças não deveriam nos separar ou ser motivo de discriminação e conflito violento entre nós; antes, nossas diferenças precisam ser colocadas a serviço uns dos outros e de toda a criação. Lembramos de situações perto e longe onde isto acontece como, por exemplo, na sala de aula, onde um colega entende mais desta ou daquela matéria e há uma troca de saberes e um exercício constante de auxílio mútuo. Não é bom brincar sozinho(a)! – as crianças disseram. Atendendo nosso pedido, elas abraçaram o próprio corpo e expressaram que é bem melhor abraçar alguém e ser abraçado por alguém. Incentivadas a isso, as crianças abraçaram com carinho os(as) colegas que estavam ao lado!

A partir do testemunho bíblico, conforme Marcos 2.1-12, no qual um grupo de amigos uniu esforços para conduzir um dentre eles, que não podia andar, até Jesus, na confiança de que ele poderia curá-lo, lembramos que ora somos apoiados, ora apoiamos alguém. Fizemos esse exercício com uma rede, num momento muito alegre e descontraído!

Na oração, ao final da meditação, agradecemos a Deus porque ele nos fez diferentes; agradecemos a Deus porque nossas diferenças podem fazer a diferença na vida de quem convive conosco.

Bom que Deus nos fez assim!

Pastora Scheila dos Santos Dreher

Comunidade Evangélica Luterana de Campo Novo do Parecis - IECLB





quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Saída Pedagógica - Visita à APAE - 1º e 2º Anos do Ens. Fundamental

Os estudantes das turmas do 1º e 2º Anos do Ensino Fundamental do ILEP visitaram no dia de ontem, 24 de agosto, a APAE - Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais - de Campo Novo do Parecis. A saída pedagógica, preparada pela Profa. Regiane e pela Profa. Mara, aconteceu em meio às atividades que lembram a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência - 21 a 28 de agosto. O tema da semana, na APAE de Campo Novo do Parecis, é: 'A Pessoa com Deficiência Quebra a Cultura da Indiferença. Tenha Coragem de Ser Diferente.'. Agradecimento especial à mãe Márcia Klein que acompanhou as turmas com as professoras.

Turma do 2º Ano - Profa. Regiane


Turma do 1º Ano - Profa. Mara

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Aprendendo com os Murais no ILEP

As paredes dos corredores inferior e superior do Instituto Luterano de Educação do Parecis estão repletas de murais. São trabalhos realizados por nosso estudantes em todos os níveis. Por meio das imagens postadas em nosso site, convidamos toda a comunidade escolar a prestigiar os trabalhos expostos.

Espaço de valorização do trabalho dos estudantes, o mural é um recurso importante para tornar as aprendizagens dos estudantes visíveis a familiares, professores e funcionários. É por meio dos murais que o próprio estudante observa o trabalho dos colegas e refletem sobre como pode avançar em seu processo de aprendizagem.

Após sua visita aos Murais no ILEP, deixe seu comentário em nosso site.

Um Cartaz em Braile nos murais do ILEP


O cartaz que vemos, é um cartaz sobre inclusão com as informações em braile. Ele traz uma reflexão para a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência – 21-28/Agosto/2011. Nesta semana somos motivados a refletir, junto como sociedade, sobre temas relacionados à inclusão e acessibilidade.

O braile no cartaz possibilita que as pessoas cegas, que foram alfabetizadas através do sistema braile, tenham acesso a todas as informações contidas nele, inclusive a imagem, que está descrita desta forma: bonecos, simbolizando pessoas; de mãos dadas; entre os braços forma-se um coração.

Desejamos que a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência nos anime a valorizar e respeitar a diversidade e, a partir disso, construir espaços de vida inclusivos, cuidadores, onde todas as pessoas possam viver com qualidade de vida.

Dê uma passada num dos murais do ILEP e sinta como se lê.