segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Recesso entre Natal e Ano Novo no ILEP

Comunicamos que do dia 26 até 30 de dezembro de 2011 não haverá expediente externo no Instituto Luterano de Educação do Parecis.

No dia 02 de janeiro retomaremos nossa atividades, no horário das 7h30min às 10h e das 14h às 17h30min.

Desejamos a todos um abençoado Natal e um próspero Ano Novo!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Celebração Natalina no ILEP

Com encenação, oração, canções e símbolos natalinos confeccionados pelas turmas, as crianças e suas famílias vivenciaram a história do nascimento de Jesus. Elas foram surpreendidas pelo gesto do Boi, de aquecer o menino Jesus com seu bafo quente, e do Burro, de espantar, com seu rabo, as moscas de junto á manjedoura.

Nos vídeos postados e nas imagens compartilhadas a seguir, é possível perceber a alegria dos estudantes da Educação Infantil e do Ensino Fundamental de 1º a 5º ano do Instituto Luterano de Educação do Parecis – ILEP - quando o Boi e o Burro que moravam na estrebaria que acolheu Jesus, em seu nascimento, surgiram diante das crianças!

Neste espírito natalino de solidariedade e cuidado, a 2ª série do Ensino Médio está desenvolvendo uma campanha, recolhendo alimentos, com o auxílio de todas as turmas, para serem doados a famílias carentes de nossa cidade. Ao final da celebração as crianças ofereceram cartões natalinos à comunidade escolar reunida. Assim experimentamos o Natal em ação!












Profa. Elisabete Maria Rena (Coordenadora Pedagógica), Prof. Vanderlei Moreira da Silva (Orientador Educacional), 
Scheila dos Santos Dreher (Pastora) e P. Prof. Claus Martin Dreher (Diretor)

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

+ APROVAÇÃO nos VESTIBULARES 2011-2012


Estamos divulgando em nosso site os resultados nos vestibulares que nossos estudantes estão prestando, a medida que os mesmos estão sendo divulgados pelas Universidades. É hora de comemorar mais um resultado!

JEFERSON BUENO DE SOUZA JUNIOR, filho de Jeferson Bueno de Souza e Valéria Aparecida da Silva Souza
ENGENHARIA CIVIL - UNIC/Cuiabá

PARABÉNS pelo empenho e dedicação de cada um de vocês!

CICERO AUGUSTO DA ROSA, filho de Clovis Quaresma da Rosa e Edi Lourdes Brun da Rosa
7º AGRONOMIA - IFMT

EMERSON ANDRE MARTELLI, filho de Eribert Martelli e Nilce V. Martelli
15º AGRONOMIA - IFMT

ALINE GABRIELLY PERINI TOMAZELLI, filha de Rildo Francisco Tomazelli e Cleunice Aparecida Perini Tomazelli
19º DIREITO - UNIC/Cuiabá

DANIELLY TOMAZELLI NONATO, filha de Waldemir Oliveira Nonato e Silvana Salete Tomazelli
10º FARMÁCIA - UNIC/Tangará da Serra

LUANA SANTANA DELGADO, filha de Clebeomar Delgado e Cristhiani Aparecida Santana
7º ADMINISTRAÇÃO - UNIC/Tangará da Serra

Meditação no ILEP: Partilhar, por gratidão, pois é Deus quem concede

Quando Jesus já havia conversado um bom tempo com uma multidão de pessoas, um dos discípulos, Felipe, achegou-se a ele e compartilhou sua preocupação de que o povo estivesse com fome. Uma criança ofereceu a Jesus cinco pães e dois peixes. Jesus AGRADECEU a Deus pelo alimento e o repartiu. As pessoas, sentadas no gramado e reunidas pelos discípulos em grupos de 50, fizeram o mesmo: repartiram do que certamente haviam trazido de casa, visto terem se afastado da cidade e estarem num lugar mais isolado. O receio de ficar sem ter o que comer caso demonstrassem ter algo consigo e o egoísmo que impediam a partilha foram superados pelo gesto confiante de Jesus de agradecer a Deus o que ELE CONCEDE e PARTILHAR. A partilha do alimento e a solidariedade se fizeram sentir de forma tão intensa que, ao final da refeição, foi possível recolher, ainda, doze cestos cheios de comida. (João 6.1-15)

Nas meditações com a Educação Infantil e o Ensino Fundamental, até o 5º ano, as crianças ouviram com atenção a história! Numa reflexão conjunta, percebemos que, assim como a criança que auxiliou Jesus, cada uma tem algo a partilhar porque tudo o que precisamos recebemos de Deus: a vida, a inteligência para o trabalho e para o estudo, o cuidado diário, a capacidade de amar e de fazer o bem. Em momentos diferentes com as turmas, as crianças manifestaram o que elas já repartem e o que ainda podem repartir: abraços e “beijinhos”, brinquedos, roupas, auxílio nas tarefas da escola, auxílio no aprendizado de andar de bicicleta e no jogo de xadrez...

Um gesto nos acompanhou nesta meditação: com uma mão aberta levantada para o “céu” lembramos que Deus nos dá/concede o que necessitamos para a vida; com a outra mão aberta estendida para a frente lembramos que nós podemos partilhar do que temos e do que sabemos fazer por gratidão a Deus.

Ao final da meditação partilhamos um gostoso pão de queijo lembrando o gesto da criança e da multidão que se reuniu ao redor de Jesus, de repartir do que se têm, confiantes de que não faltará o alimento necessário!

Pastora Scheila dos Santos Dreher
Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Campo Novo do Parecis – IECLB




quinta-feira, 17 de novembro de 2011

APROVAÇÃO nos VESTIBULARES 2011-2012


Estaremos divulgando em nosso site os resultados dos vestibulares que nossos estudantes estão prestando, a medida que os mesmos forem sendo divulgados pelas Universidades.

PARABÉNS pelo empenho e dedicação de cada um de vocês!

CICERO AUGUSTO DA ROSA, filho de Clovis Quaresma da Rosa e Edi Lourdes Brun da Rosa
7º AGRONOMIA - IFMT

EMERSON ANDRE MARTELLI, filho de Eribert Martelli e Nilce V. Martelli
15º AGRONOMIA - IFMT

ALINE GABRIELLY PERINI TOMAZELLI, filha de Rildo Francisco Tomazelli e Cleunice Aparecida Perini Tomazelli
19º DIREITO - UNIC/Cuiabá

DANIELLY TOMAZELLI NONATO, filha de Waldemir Oliveira Nonato e Silvana Salete Tomazelli
10º FARMÁCIA - UNIC/Tangará da Serra

LUANA SANTANA DELGADO, filha de Clebeomar Delgado e Cristhiani Aparecida Santana
7º ADMINISTRAÇÃO - UNIC/Tangará da Serra


EM BREVE teremos mais resultados a comemorar...

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Inicia o período de REMATRÍCULAS e MATRÍCULAS NOVAS para 2012 no ILEP

Informamos que o processo de Matrículas para o ano letivo de 2012 iniciou. Sabemos que a escolha da escola é fundamental na formação integral das crianças e dos adolescentes. Além de agregar conhecimentos, também é papel da escola cultivar valores e atitudes de cidadania. Como é de praxe, no primeiro momento do processo de Matrículas, daremos especial atenção às rematrículas para as famílias que já têm seus filhos estudando no Instituto Luterano de Educação do Parecis. Pedimos sua atenção e pronto comparecimento, pois algumas turmas já estão praticamente no limite de estudantes com aqueles matriculados este ano. Lembramos que os pedidos de rematrícula para o ano de 2012 somente serão avaliados se as mensalidades do ano de 2011 estiverem em dia, até o mês de novembro inclusive. Não há garantia de vaga, caso haja pendências. Maiores informações estarão disponíveis no Site do ILEP – www.ilep.com.br, onde também estamos divulgando os resultados dos vestibulares que nossos alunos estão prestando. Somos gratos pela parceria entre família e escola no ILEP que é chave para o bom andamento de 2011 e compromisso de anos cada vez melhores.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

VÍDEOS do Mês de FESTEJAR a Infância e a Adolescência no ILEP!

Com o empenho do Prof. Vanderlei, Orientador Educacional do ILEP, podemos compartilhar um vídeo sobre o programa do Mês de Valorização da Infância e outro que mostra as atividades do Mês de Valorização da Adolescência no ILEP.

Parabenizamos a TODOS pelo empenho e agradecemos especialmente à Profa. Elisabete, Coordenadora Pedagógica do ILEP, e ao Prof. Vanderlei pela liderança das atividades.

De 201110 O Valor da Infância e da Adolescência


De 201110 O Valor da Infância e da Adolescência

Mês de FESTEJAR a Infância e a Adolescência no ILEP

Outubro é o mês de festejar os nossos alunos, crianças e adolescentes. As atividades do Mês da Infância e da Adolescência no ILEP incluem várias programações que se estendem até o dia 12 de outubro, Dia da Criança.

As atividades têm o objetivo de valorizar e ressaltar a importância da infância e da adolescência de nossos filhos e alunos. "A vida não existe em função de nenhuma etapa, idade ou período: a vida deve ser plena em todo o tempo. O tempo pleno é o tempo presente". (Euclides Redin,1998).

A programação foi pensada com o envolvimento dos pais e responsáveis representantes de turma, professores, estudantes e equipe pedagógica do ILEP e o cronograma completo das atividades de cada nível e turma está nos link's que seguem.

Deixe seu comentário ou reproduza a opinião de seus filhos num comentário em nosso site, facebook ou twitter!



Confira aqui a Programação da Educação Infantil do ILEP!

Confira aqui a Programação do Ensino Fundamental I do ILEP!

Confira aqui a Programação do Ensino Fundamental II do ILEP!

Confira aqui a Programação do Ensino Médio do ILEP!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

VARICELA ou CATAPORA

Varicela é uma doença infecciosa, altamente contagiosa, causada por um vírus chamado Varicela-zoster, muito comum na infância. Transmitida de pessoa a pessoa, através de contato direto (pele infectada) ou de secreções respiratórias (disseminação aérea de partículas virais/aerossóis principalmente através de espirros e tosse) e, raramente, através de contato com lesões de pele. Indiretamente é transmitida através de objetos contaminados com secreções de vesículas e membranas mucosas de pacientes infectados.

O período de transmissão varia 1 a 2 dias antes do surgimento das lesões da pele e se estende até que todas as vesículas tenham desenvolvido crostas (casca), usualmente 7 a 9 dias. E enquanto houver vesículas, a infecção é possível. O tempo que medeia entre o contato e surgimento da doença (incubação) é de 14 a 16 dias, variando entre 10 e 21 dias.

A varicela tem início com febre, mal estar, cefaléia, anorexia e vômito, podendo durar de horas até 3 dias. Na infância, esses sintomas dificilmente ocorrem, sendo o exantema o primeiro sinal da doença. As lesões comumente aparecem em surtos sucessivos de máculas que evoluem para pápulas, vesículas, pústulas e crostas. Estas erupções vesiculoeritematosas são muito pruriginosas (ou seja, pústulas que causam comichão), as pústulas apresentam-se com base vermelha e cúpula transparente ("gota de orvalho em pétala de rosa"). Tendem a surgir mais nas partes cobertas do corpo, podendo aparecer no couro cabeludo, na parte superior das axilas e nas membranas mucosas da boca e das vias aéreas superiores.

A varicela na gestação, no primeiro ou no segundo trimestre, pode resultar em embriopatia. Nas primeiras 16 semanas de gestação, há um risco maior de lesões graves ao feto que podem resultar em baixo peso ao nascer, cicatrizes cutâneas, microftalmia, catarata e retardo mental.

Medidas de prevenção

Hoje existe vacina para combater a doença. Ela é administrada a partir dos 12 meses de idade. Contudo, até o momento, a vacinação universal contra a varicela não faz parte do calendário básico de vacinação no Brasil, exceto nas populações indígenas em caso de surto. Ela encontra-se disponível nos Centros de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE) para ser administrada em acordo com as indicações específicas. Quem preferir pode adquirir esta vacina na rede privada.

Outro cuidado importantíssimo é a lavagem das mãos após tocar nas lesões potencialmente infecciosas.

As pessoas com varicela devem ser afastadas da escola ou do trabalho, para diminuir o risco de transmissão para os suscetíveis e crianças com varicela só devem retornar à escola após todas as lesões tenham evoluído para crostas.

Pessoas com varicela devem evitar o contato com pessoas que não estão doentes; evitar o contato com outras pessoas suscetíveis, sobretudo mulheres grávidas, ou pessoas com problemas de imunidade;

Pessoas com varicela devem evitar a exposição ao sol e coçar as lesões, pois a pele pode ficar manchada definitivamente.

Gizelle Perin

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Meditação no ILEP: Como ovelhas bem cuidadas por um bom pastor

Nas meditações do mês de setembro, as crianças das turmas do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental do ILEP ouviram a história da ovelha “Branquinha”, adaptada do Evangelho de Lucas 15. 3-7 e João 10. 1-18 (assim como ela é contada em 'A Bíblia para as crianças', por Anne de Vries).

Esta história - parábola - foi contada por Jesus. Ela nos fala do cuidado amoroso de um bom pastor para com suas ovelhas e de como ele as conhece pelo nome e se preocupa com cada uma delas. Jesus se apresenta a nós como um bom pastor. Ele cuida e valoriza cada um e a cada uma de nós! Os limites postos para as ovelhas (o curral, a necessidade de permanecer junto ao grupo) garantem sua proteção e liberdade; são sinais de amor. Assim também é com os mandamentos de Deus! No seguimento ao bom pastor Jesus nós experimentamos sinais de vida plena, já agora!

Após a meditação, confeccionamos bonitas ovelhas de papel com dobradura e colagem!

Pastora Scheila dos Santos Dreher
Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Campo Novo do Parecis – IECLB

Para cantar!

(autoria desconhecida)

De cem ovelhinhas uma se perdeu.
O Pastor que a amava se entristeceu.
Saiu a procurá-la e breve a encontrou.
Pegou-a em seus braços e bem feliz voltou.

Deus, nosso Pai, é um bom pastor.
Nós, as ovelhinhas, temos seu amor.
O amor que inclui a todos e a todas igualmente.

Ninguém está de fora, por isso estou contente!


quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Estudante do ILEP toma posse como Veradora Mirim

Em seção solene, presidida pela Presidente da Câmara Municipal de Campo Novo do Parecis, Vereadora Edlamá Batista Marques, no último dia 22 de agosto, às 16h, foi diplomada e tomou posse a Vereadora Mirim Sabrina Kayane Neumann, estudante do Instituto Luterano de Educação do Parecis - ILEP. Nossa escola parabeniza a estudante Sabrina, no aguardo pelas partilhas de suas experiências como representante da comunidade camponovense e do ILEP na legislatura 2011.






sábado, 27 de agosto de 2011

Meditação no ILEP - normal é ser diferente

No mês de agosto, na meditação com as crianças das turmas da Educação Infantil e do Ensino Fundamental até o 5º ano, conversamos sobre a convivência entre os diferentes.

Em roda, cantamos uma canção na qual cada criança dizia o seu nome, que é diferente do nome do(a) colega. Em seguida, após as perguntas que iam sendo feitas, as crianças deveriam sinalizar com o gesto indicado quem gosta de fazer o que estava sendo sugerido (comer chuchu, dormir tarde...) ou quem é como estava sendo dito (tem cabelos curtos, tem olhos claros, é menina, tem irmãos, é educado, acorda de bom humor...). Através dessa dinâmica percebemos que cada pessoa é diferente – única - e, por isso, tem diferenças: físicas, de temperamento, raciais, de sexo, de experiências de vida, de contexto familiar... Lembramos que não há ninguém no mundo com a digital igual a nossa!

As crianças observaram o cartaz da IECLB em 2011 para a Semana da Pessoa com Deficiência, cujo mote lembra: “normal é ser diferente”. Perceberam que, ainda que as pessoas do cartaz (bonequinhos) sejam diferentes, ao juntarem mãos e pés formam um coração entre elas, lembrando que o amor é capaz de unir, apesar das diferenças. Isto porque não há ninguém com maior ou menor valor. Todos fomos criados à imagem e semelhança de Deus, que nos concedeu dignidade; a todos ele alcança com seu amor e a todos capacita para amar.

Com as crianças maiores lembramos a tristeza e o sofrimento provocados por situações de guerra, de racismo ou de discriminação entre os sexos. Concluímos que nossas diferenças não deveriam nos separar ou ser motivo de discriminação e conflito violento entre nós; antes, nossas diferenças precisam ser colocadas a serviço uns dos outros e de toda a criação. Lembramos de situações perto e longe onde isto acontece como, por exemplo, na sala de aula, onde um colega entende mais desta ou daquela matéria e há uma troca de saberes e um exercício constante de auxílio mútuo. Não é bom brincar sozinho(a)! – as crianças disseram. Atendendo nosso pedido, elas abraçaram o próprio corpo e expressaram que é bem melhor abraçar alguém e ser abraçado por alguém. Incentivadas a isso, as crianças abraçaram com carinho os(as) colegas que estavam ao lado!

A partir do testemunho bíblico, conforme Marcos 2.1-12, no qual um grupo de amigos uniu esforços para conduzir um dentre eles, que não podia andar, até Jesus, na confiança de que ele poderia curá-lo, lembramos que ora somos apoiados, ora apoiamos alguém. Fizemos esse exercício com uma rede, num momento muito alegre e descontraído!

Na oração, ao final da meditação, agradecemos a Deus porque ele nos fez diferentes; agradecemos a Deus porque nossas diferenças podem fazer a diferença na vida de quem convive conosco.

Bom que Deus nos fez assim!

Pastora Scheila dos Santos Dreher

Comunidade Evangélica Luterana de Campo Novo do Parecis - IECLB